Words shared become Light

On finding yourself / Sobre Te Encontrares

ENG

Like me, you may have been hearing all your life about “finding yourself”. But really, how can you find someone you don’t even know?! Is there some instructions book that teaches you how to be the person you should be?! Is there any description of how to be the perfect person ( emotionally and physically). Is the perfect person the Vitruvian man or the Renascence man, or Mother Theresa ?! And if they are, if they represent perfection, should you pursue it?! Should you follow it?! Should you be someone else’s version of perfection?!

When I was a little girl I would dream of finding  a cure for cerebral palsy. Not because I needed it, but because I wanted to fit in. Because I thought I had to fit in, I had to be like everyone else, like those people that would tell me how bad and ugly it was to be disabled.

And then I grew up and realized I had a Soul, and the real quest began.The urge to be cured, to change , and the question “why?”, that I had haunted me all of my life became a Thirst for knowledge . Maybe Jesus had the answer, or the Universe, or Buddha and reincarnation, or energies, or meditation, or poetry, it didn’t matter. I just began reading all I could to soothe my soul and help me find a reason for my life, my struggles, myself. And in all my readings, my sharing, my conversations,  in all my searches, I never remembered to look deep at the real source of the question: me.

So listen, finding yourself has nothing to do with achieving Nirvana or some kind of Perfection. As I said before, how can you find someone you don’t even know?! That is the question and that is the solution. Before anything else you gotta ask yourself: who are you?! Why are you trying to find someone who is already there, inside you?! You are already there. You just gotta learn to listen to yourself. Listen to yourself :discover your qualities, your flaws, your dreams, your pains. Make a list, accept that that is you.  Cure what has to be cured inside, and then remember : You are a masterpiece. Like Michelangelo  said “The sculpture is already complete within the marble block, before I start my work. It is already there, I just have to chisel away the superfluous material.”. You are a masterpiece. All your characteristics have a reason to be, each one will play a part in your life. They are all you need to lead a happy and fulfilling life. Now, after you accept the  raw material you already have to work with, you have two choices: keeping it the way it is or perfecting  some of its characteristics  to reflect the way you think they should be,or that would make you happier, but it is always a choice of yours. Never let anyone tell you who should you be. Following someone else’s desires for you, instead of your own, will make you, in the long run, miserable. You can, and should, listen to and exchange ideas with people that love you, but ultimately that life is yours, and you will have to live with the consequences of your choices.

So look inside yourself, find your dreams, listen to your intuition. If your heart tells you you should do something, go somewhere, get to know someone, you go. Your heart, your Soul, more than anyone else, will know what will make you happy, and the path you have to take, because people, places, journeys, experiences are the sculptors of your Soul,  of your masterpiece, are the engineers of your happiness, of your Life. Just do me a favor, listen to your intuition also when circumstances seem strange, she also warns us of bad situations, and even those are a part of the process of revealing the sculpture. Don’t forget: You are a masterpiece in  the making. And last but not least, learn to love what you find. Love yourself, no matter what, always.

So go on, live. Everything happens for a reason. And no matter who you are, what you look like or what you believe in, You deserve to be HAPPY !!! Go live.

PT

Sobre te encontrares :

 

Como eu , deves ter ouvido toda a tua vida a expressão “encontrar-te a ti mesmo”. Mas na verdade, como podes encontrar alguém que nem sequer conheces ?! Existe algum livro de instruções que te ensine como ser a pessoa que deves ser?! Existe alguma descrição de como ser a pessoa perfeita (emocional e fisicamente)? Será a pessoa perfeita o homem Vitruviano, ou o homem da Renascença, ou a Madre Teresa de Calcutá? E se forem, se representarem a perfeição, deves buscá-la?! Deves segui-la? Deverás ser a versão de perfeição de outra pessoa?!

 

Quando era miúda sonhava encontrar uma cura para a Paralisia Cerebral. Não porque precisasse, mas porque me queria integrar. Porque eu achava que tinha que me integrar, achava que tinha de ser como todos os outros, que tinha de ser como aquelas pessoas que me diziam como era mau e feio ser deficiente.

 

E depois cresci e percebi que tinha uma Alma, e ai começou a verdadeira procura. A necessidade de ser curada, de mudar, e a pergunta “porquê?”, que me tinham assombrado toda a minha vida, transformaram-se em Sede de conhecimento . Talvez Jesus tivesse a resposta , ou o Universo, ou Buda e a reincarnação, ou as energias, ou a meditação, ou a poesia, não interessava. Eu só comecei a ler tudo que pudesse apaziguar a minha Alma e ajudar-me a encontrar uma razão para a minha vida, as minhas lutas, para mim. E em todas as minhas leituras, as minhas partilhas, as minhas conversas, em todas as minhas pesquisas, nunca me lembrei de olhar para a verdadeira origem da questão: eu.

 

Então escuta, encontrares-te nada tem que ver com atingir o Nirvana ou algum tipo de Perfeição. Como disse há pouco, como é que consegues encontrar alguém quem nem sequer conheces?! Essa é a questão e essa é a solução. Antes de tudo mais tens de te perguntar: quem és tu?! Porquê que estás a tentar encontrar alguém que já ai está, dentro de ti?! Tu já ai estás! Só tens de aprender a ouvir-te. Ouve-te: Descobre as tuas qualidades, as tuas falhas, os teus sonhos, as tuas dores. Faz uma lista, aceita que esse és tu. Cura o que houver para curar por dentro e depois lembra-te: Tu és uma Obra-prima. Como Michelangelo disse “A escultura já está completa dentro do bloco de mármore, antes de eu começar o meu trabalho. Já lá está, eu só tenho que cinzelar o material supérfluo .”. Tu és uma Obra-prima. Todas as tuas características têm uma razão para existir, cada uma desempenhará um papel na tua vida. Elas são tudo o que precisas para levar uma vida feliz e gratificante. Agora, depois de aceitares a matéria- prima que já tens para trabalhar, tens duas hipóteses : mantê-la como está ou aperfeiçoar algumas das suas características de modo que reflitam a forma que tu achas que elas devem ter,ou a forma que te faria mais feliz, mas é sempre uma escolha tua. Nunca deixes ninguém dizer-te quem tu deves ser. Seguir os desejos de outra pessoa para ti, em vez dos teus, fará com que te sintas, a longo prazo, extremamente infeliz. Tu podes, e deves, ouvir e trocar ideias com pessoas que te querem bem, mas ,no fim de contas, essa vida é tua , e tu sim terás de viver com as consequências das tuas escolhas.

 

Então olha para dentro de ti, encontra os teus sonhos, escuta a tua intuição. Se o teu coração te disser que deves fazer algo, ir algum lugar, conhecer alguém, vai. O teu Coração, a tua Alma, mais do que qualquer outra pessoa, saberão o que te vai fazer feliz, e o caminho que tens que tomar, porque pessoas, lugares, viagens, experiências, são os escultores da tua Alma, da tua Obra-prima, são os engenheiros da tua felicidade, da tua Vida. Faz-me só um favor, ouve a tua intuição mesmo quando as circunstâncias te parecerem estranhas, ela também nos avisa das más situações, e mesmo essas fazem parte do processo de revelação da escultura. Não te esqueças: Tu és uma Obra-prima em construção. E por último, mas não menos importante, aprende amar aquilo que encontrares. Ama-te, aconteça o que acontecer, sempre.

 

Então vai, vive. Tudo acontece por uma razão. E sejas quem fores, seja qual for a tua aparência ou aquilo em que acredites, Tu mereces ser FELIZ!!! Vai Viver!!!

net_amaia_warhol

Words shared become Light

What is your purpose? Qual é o teu propósito ?

ENG

  Have you ever wondered what is your purpose in this Life?! Think now… What is the first thing that comes to your mind? Is it finding the cure for cancer?! Having a family?! Being a millionaire?! Going to Mars?!

  Since I was a little child, I always wondered what would be the objective for my existence in this world. Me and my twin sister were premature, were 7 months. I was born already dying, like I usually say, my lips and skin were purple and they took me away immediately so my mother couldn’t see me. Nine days later, after several cardiac arrests, my sister died and the doctors told my mother she should prepare her heart to lose me by the end of that day. With all her Faith,  she asked the Virgin Mary to let me stay. A few hours later, when the Fátima celebrations were already over, the doctors told her I was safe and everything would be ok. So, as you can see, I had no alternative but to believe that there was something bigger than ourselves watching over all of us.

  I was a normal child, a happy child, intelligent, a lucky child, my family loved me, had a house full of children, all a child could wish for isn’t it? Oh I had been diagnosed with cerebral palsy but wasn’t going to let some disease stop me from doing what I wanted, even if it meant having to crawl everywhere.

  As I grew up I started to feel more and more alone. Always felt like the odd man out and always thought it was because of my disability.  It wasn’t. At the same time I couldn’t get myself to understand why would I be allowed to live, what did I do that was so special to deserve the ultimate gift of all?! I felt like my life would have to have some meaning, some direction, it couldn’t go unnoticed because I would have wasted my time, and worst,  the time my sister didn’t get to live. But to tell you, in reality, I didn’t know what to do, I just knew I wanted to change the world, so I started searching.

  I studied history, religion, new age books,poetry, met people, made friends, travelled, cried, laughed, danced, talked, ate, kissed, held hands  and someday, out of the blue, I  understood what I had known all along, that we are all the same, we are Souls that arrive here only in different packages. We were given the gift of Life and, above all, Time to achieve the most important purpose of all: To Love and Be Loved, for who we truly are. I realized that to change the world  we have to start small, love ourselves, let ourselves be loved, them love another soul..and another..and another..Love multiplies itself. In the face of Love all else disappears, all else loses weight. Love and Be Loved and the rest will come.

PT

  Já te questionaste qual será o teu propósito nesta Vida?! Pensa agora…Qual é a primeira coisa que te vem à ideia? Será encontrar a cura para o cancro?! Ter uma família?! Tornares-te milionário?! Ires a Marte?!

  Desde que me conheço por gente sempre me questionei qual seria o objetivo para a minha existência neste mundo. Eu e a minha irmã gémea nascemos prematuras, de 7 meses. Eu já nasci a morrer, como costumo dizer, os meus lábios e pele estavam roxos e a minha mãe nem me pode ver, levaram-me logo.  Nove dias depois, após várias paragens cardíacas, a minha irmã morreu e os medicos disseram à minha mãe que devia preparar o coração dela  para o pior pois eu não sobreviveria até ao fim desse mesmo dia. Com toda a Fé que tinha pediu a Nossa Senhora para me deixar ficar. E umas horas mais tarde, já muito depois do Adeus à Virgem, os médicos  comunicaram-lhe que eu estava segura e que tudo ia correr bem. Então, como podes ver, eu não tive alternativa senão acreditar que existe no universo algo maior que nós, que toma conta de todos nós.

  Eu fui uma criança normal, uma criança feliz, inteligente, uma criança cheia de sorte, a minha família amava-me, tinha uma casa cheia de crianças, tudo o que uma criança pode pedir não é verdade?! Ah claro eu tinha sido diagnosticada com paralisia cerebral mas não ia deixar que uma qualquer doença me impedisse de fazer aquilo que eu quisesse, mesmo que isso significasse gatinhar para todo lado.

  Conforme fui crescendo fui-me sentindo mais e mais sozinha. Sempre me senti a mais, estranha, e sempre pensei que era por causa da minha deficiência. Mas não era. Ao mesmo tempo não conseguia perceber porquê que eu  teria direito a viver, que teria eu feito de tão especial para merecer a mais importante de todas as dádivas?! Senti que a minha vida teria de ter algum significado, alguma direção, não poderia passar desapercebida pois, se assim fosse, eu teria desperdiçado o meu tempo , e pior que tudo, o tempo que a minha irmã não pôde viver. Mas ,para te dizer a verdade, eu não sabia o que fazer, eu sabia apenas que queria mudar o mundo, então comecei a procurar.

  Estudei Historia, Religião, livros New Age, Poesia, conheci pessoas, fiz amigos, viajei, chorei, ri, dancei, falei, comi, beijei, dei mãos…e um dia, do nada, eu percebi aquilo que afinal já sabia há muito tempo, nós somos todos iguais, somos almas que chegam aqui apenas em pacotes diferentes.Foi nos dado o Dom da Vida e, acima de tudo, do Tempo para atingirmos o maior proposito de todos Amar e Sermos Amados, como realmente somos. Eu percebi que para mudarmos o mundo temos de começar com passos pequenos, amarmo-nos, deixarmo-nos ser amados,  e depois amar outra Alma e outra e outra…O Amor multiplica-se a ele próprio. Na face do Amor tudo o resto desaparece, tudo o resto perde peso. Ama e Sê Amado e o resto virá…

ceu