Words shared become Light

On Quitting / Da Desistência

ENG

Wanting to give up never has anything to do with obstacles, situations or people outside the Heart. Desiring to give up is rather a reflection of our own inability to appease our own Soul. And giving up or ceasing to exist is what the heart desires after struggling with itself when all it sees within itself are algae in still, muddy water through which it can see no light. Because difficult is never what, nor who happens to us but how we are able to undo the feelings that they provoke us. I think we all have that little voice inside, that boring little one, that says ” go head,you’ll see, we can do it” ( mine even shows up in dreams just to be sure I heard her). And I am sure strange things have happened to you at the expense of the said lady, and some of us  listen and others prefer to be distracted by pain (pain is another unbearable one ). So do not give up, please, the heart is hard to perceive but I have hope that everything has a motive and that, one day, we will achieve Peace. So wherever you are, whoever you’re with, and whatever is going on in your life, do not give up, we are always much stronger than we think, and we will be able to find Peace, our own.

(I had to tell you this because the said voice has not shut up for a few days and I need to sleep).

PT

Querer desistir nunca nada tem que ver com obstáculos, situações ou pessoas exteriores ao coração. Desejar desistir é antes um reflexo da nossa própria incapacidade de aplacar a própria Alma. E desistir ou deixar de existir é o que deseja o coração depois de muito lutar consigo próprio quando tudo o que vê dentro de si são algas em água parada e lamacenta através das quais não consegue ver luz nenhuma. Porque difícil nunca é o que, nem quem nos acontece mas como somos capazes de desenlear os sentimentos que eles nos provocam. Penso que todos nós temos aquela vozinha dentro, chata como tudo, que diz “vá tu vais ver, nós conseguimos” ( a minha até aparece em sonhos que é pra ter a certeza que eu ouvi) e de certeza que já vos aconteceram coisas estranhas à custa da dita senhora, e uns ouvem e outros preferem distrair-se com a dor ( a dor é outra tipa insuportável). Por isso não desistam, por favor, o coração é difícil de perceber mas eu tenho esperança que tudo tem um motivo e que um dia chegamos à Paz. Estejam lá onde estiverem, com quem for e a passar seja pelo que for, não desistam, somos sempre muito mais fortes que aquilo que nos parece e vamos conseguir encontrar a Paz, a nossa.

( Tinha mesmo que vos dizer isto porque a dita voz não se cala há uns dias e eu preciso de dormir).